Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/1151
Authors: Branco, Lílian Soares Alves
Title: Evasão na educação a distância: pontos e contrapontos à problematica
Keywords: Evasão;Educação a Distância;Causas
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade La Salle
Abstract: O presente estudo, desenvolvido junto ao Núcleo de Estudos sobre Tecnologias na Educação (NETE/CNPq), do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade La Salle, abordará a problemática da evasão, a partir do mapeamento das causas da evasão na educação a distância. A pesquisa apresenta os índices e dados disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, com relação ao percentual de matrículas e concluintes no ensino superior presencial e a distância nas modalidades de bacharelado, licenciaturas e tecnológicos, da esfera pública e privada, no ano de 2015, com o objetivo de compreender as causas atuais da evasão na EaD. Embora existam muitos estudos e discursos afinados sobre as causas da evasão e (des)continuidades ordenadas normativamente, percebemos um distanciamento por parte das instituições formadoras em relação aos problemas da evasão, o que gera uma diminuição ou isenção de responsabilidades, tendo em vista a tendência em atribuir suas causas a dimensões psicológicas do estudante ou a (in)comunicabilidade entre os professores, tutores e estudantes. Na tentativa de avaliar essas questões atinentes a EaD, a problemática do trabalho tem a seguinte questão norteadora: Quais as perspectivas apresentadas nos bancos de teses e dissertações sobre o problema da evasão dos estudantes dos cursos de EaD e quais as alternativas para minimizar tal fenômeno? Trata-se de um mapeamento, na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), de teses e dissertações que contemplam os descritores Evasão EaD, considerando o período de 2007 a 2017. Acerca dessa temática, obtivemos setenta e dois resultados, dos quais fizeram parte do corpus investigativo de produção de dados sessenta e oito trabalhos. Com base em uma abordagem hermenêutica foi possível compreender os textos e concepções vigentes sobre a evasão, não fugindo à discussão criadora, na tentativa de (re)conhecer as diferentes perspectivas de análise sobre o problema, a partir de realidades e questões humanas, técnicas, políticas, científicas, sociais e profissionais. Como embasamento teórico da pesquisa utilizamos Vargas (2007), Santos (2008), Moran (2000), Freire (1996), Castells (2016), dentre outros, que abordam a questão da evasão em diálogos com a EaD. Compreende-se que apesar da EaD ser avaliada como um modelo de gestão propício à realidade atual ela recebe forte influência das demandas e interesses de mercado, o que exige reavaliações constantes para um processo efetivo de (re)construção de conhecimentos e metodologias, que possam contribuir também para a diminuição da evasão conduzida pelas tensões existentes entre essa modalidade de ensino e o mundo administrado. Por fim, a dissertação contribui com as discussões na área da EaD, para a promoção e reflexão de diálogos sobre os seus próprios fundamentos, bem como para projetar ações que colaborem para a formação e qualificação do ensino a distância.
metadata.dc.contributor.advisor: Conte, Eliane
Appears in Collections:Dissertação (Educação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
lsabranco.pdf2,65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.