Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/3192
Authors: Sampaio, Rita de Cássia da Rosa
Title: Memória organizacional & racionalidade instrumental e memória institucional & racionalidade substantiva: framework teórico-metodológico em duas cooperativas de catadores de resíduos sólidos
Keywords: Memória organizacional;Racionalidade instrumental;Memória institucional;Racionalidade substantiva
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade La Salle
Citation: SAMPAIO, R. C. R. Memória organizacional & racionalidade instrumental e memória institucional & racionalidade substantiva: framework teórico-metodológico em duas cooperativas de catadores de resíduos sólidos. 2019. Tese (Doutorado em Memória Social e Bens Culturais) - Universidade La Salle, Canoas, 2019. Disponível em: http://hdl.handle.net/11690/3192. Acesso em: 01 jul. 2022.
Abstract: A presente tese versa sobre as relações entre duas duplas de abordagens teóricas: a dupla Memória Institucional (MI) e Racionalidade Substantiva (RS) e a dupla Memória Organizacional (MO) e a Racionalidade Instrumental (RI), servindo como lentes analíticas para os contextos de gestão de duas cooperativas de reciclagem. Em conjunto, MI & RS referem-se às práticas diárias que formam hábitos e constroem os sistemas sociais, promove autonomia, cria valores e sentidos que remetem ao reconhecimento social. MO & RI referemse ao compartilhamento de informações do passado voltadas para a operacionalização de processos de gestão e produção, a fim de atender metas e objetivos no presente. O campo empírico desta tese é o contexto cooperativo de trabalho no campo da reciclagem cuja premissa é que o trabalho coletivo gere trabalho e renda em um ambiente de vulnerabilidade socioeconômica. Assim, a tese desta pesquisa foi: É possível criar um framework teóricometodológico para compreender os processos de gestão de cooperativas a luz das abordagens teóricas da MO & RI e da MI & RS. O objetivo geral foi de construir um modelo teórico/metodológico para fundamentar análises sobre a gestão a partir das abordagens da Memória Organizacional e Racionalidade Instrumental e da Memória Institucional e Racionalidade Substantiva. Para atingir ao objetivo empreendeu-se metodologicamente a uma pesquisa qualitativa com inspiração etnográfica por meio de um estudo de casos múltiplos em duas cooperativas de reciclagem de Canoas/RS. Foram realizadas 53 visitas aos dois empreendimentos, onde foram realizadas observações participantes, (128 laudas de Diário de Campo) e 14 entrevistas (259 laudas de transcrições) e análise documental. Os dados foram analisados segundo a Análise de Conteúdo a partir de duas grandes categorias (MO & RI; MI & RS), onde foi realizado um cruzamento entre os resultados das análises das duas cooperativas. Ao final, foi construído um framework teórico-metodológico onde a tese desta pesquisa foi confirmada. Os principais achados referem-se a duas grandes agendas que se evidenciam paralelamente na prática diária dos ambientes organizacionais: a maneira como as informações são operacionalizadas em prol dos resultados e fins; e às ações recíprocas que geram intersubjetividade, as quais interferem no significado individual e coletivo da função social do trabalho que impacta nas relações sociais e na autonomia. Nesse sentido, foi evidenciado dois modos de gestão: em uma cooperativa observou-se que aquisição e compartilhamento das informações promovem aprendizagem e autonomia, sendo a subjetividade do ser humano respeitada, onde a dimensão intersubjetiva é pautada pela cooperação. Evidenciou-se também ambiguidade nesta cooperativa em termos de maior autonomia e menores ganhos mensais em relação a um autocontrole frágil na escolha pelo prazer imediato, o que evidencia tensão entre as duplas abordagens. Na outra cooperativa os processos de gestão evidenciam-se sob o controle da coordenação o que gera centralização de informações e do poder, padrões de interação caracterizados por dependência, assimetrias e alienação dos cooperados, diminuição da participação, silenciamento das memórias o que inibe o aprendizado, prejudicando os fins (desempenho). A proposição teórica-metodológica resultante, apresenta as categorias de análise operacionalizadas com a identificação de extremos balizadores para a análise em outros contextos organizacionais.
metadata.dc.contributor.advisor: Borges, Maria de Lourdes
metadata.dc.contributor.advisorco: Mangan, Patrícia Kayser Vargas
Appears in Collections:Tese (PPGMSBC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
rcrsampaio.pdfOpen Access3.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.