Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/1677
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPaula, Tania Maria Hendges de-
dc.date.accessioned2021-05-27T15:27:13Z-
dc.date.available2021-05-27T15:27:13Z-
dc.date.issued2020-
dc.identifier.citationPAULA, Tania Maria Hendges de. Efeitos de baixas doses de naltrexona associado a estimulação transcraniana de corrente contínua na fibromialgia: ensaio clínico randomizado, duplo cego, paralelo, controlado. 2020. 115 f. Dissertação (Mestrado em Saúde e Desenvolvimento Humano) – Universidade La Salle, Canoas, 2020. Disponível em: http://hdl.handle.net/11690/1677. Acesso em: 27 maio. 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11690/1677-
dc.description.abstractIntrodução: Estima-se que 20% da população mundial tenha algum tipo de dor, dentre elas destaca-se a fibromialgia, que é caracterizada por dor musculoesquelética generalizada e difusa. Estratégias terapêuticas farmacológicas são muito utilizadas, estudos demonstraram que o uso de baixas doses de naltrexona (LDN) reduz a dor de pacientes com fibromialgia. Além disso, técnicas não farmacológicas, como a Estimulação Transcraniana por Corrente Contínua (ETCC), tem se mostrado eficaz para o alívio da dor. Objetivo: o objetivo desta dissertação foi avaliar o efeito antinociceptivo de baixas doses de naltrexona seguido da ETCC para o tratamento da fibromialgia. Métodos: Trata-se de um ensaio clínico, randomizado, duplo cego, paralelo, controlado com placebo-sham. Foram incluídas 86 mulheres com diagnóstico clínico de fibromialgia. Todas as pacientes assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, posteriormente foram alocadas em 4 grupos: ETCC Sham + LDN (n=22), ETCC ativa + Placebo (n=22) ETCC ativa + LDN (n=21) e ETCC Sham + Placebo (n=21). A intervenção por LDN ou Placebo durou 26 dias, os quais os últimos 5 dias foram destinados para a associação com ETCC ativa ou sham. Os seguintes instrumentos foram avaliados: Questionário Sociodemográfico, Escala Análogo Visual da Dor (EAV), Escala de Pensamento Catastrófico da Dor, Inventário de Ansiedade TraçoEstado (IDATE), Questionário de Impacto da Fibromialgia (QIF), Inventário de Depressão de Beck (BDI-II) e Escala Funcional de Dor. Resultados: Não houve diferença significativa nos questionários da primeira avaliação, demonstrando uma amostra homogênea. Houve uma redução significativa nos sintomas depressivos de todos os grupos que, de alguma forma, receberam alguma intervenção ativa (P=0.001). A dor mensurada pela EAV apresentou redução significativa nos grupos LDN + ETCC (P=0.010), LDN + Sham (P=0.001) e Placebo + Sham (P=0.009). Na Escala Funcional de Dor, os pacientes que receberam a associação das intervenções obtiveram redução na frequência e intensidade da dor (P=0.001), efeito da dor nas atividades (P=0.014) e efeito da dor nas emoções (P=0.008). O grupo LDN + Sham também apresentou uma diferença significativa nesta escala, sendo no domínio efeito da dor nas atividades (P=0.008). Conclusão: Os resultados do BDI demonstraram que as intervenções são capazes de modular os sintomas depressivos, concluindo que a associação pode ser benéfica para o tratamento da depressão de pacientes com fibromialgia, assim como as intervenções quando utilizadas separadamente. Os escores da EAV demonstram um possível efeito placebo no grupo Placebo + Sham, devido a subjetividade que esta escala possui. No entanto, quando a Escala Funcional da Dor foi analisada, foi observado que pacientes que receberam as duas intervenções possuíram uma redução na frequência da dor e sua influência nas emoções e atividades.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade La Sallept_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectFibromialgiapt_BR
dc.subjectbaixas doses de naltrexonapt_BR
dc.subjecteletroestimulação transcraniana de corrente contínuapt_BR
dc.titleEfeitos de baixas doses de naltrexona associado a estimulação transcraniana de corrente contínua na fibromialgia: ensaio clínico randomizado, duplo cego, paralelo, controladopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisorSouza, Andressa dept_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento Humanopt_BR
dc.publisher.countryBRpt_BR
dc.descriptionA dor crônica é um processo mal adaptativo que se manifesta como disfunção do sistema nervoso. Causa considerável impacto negativo ao indivíduo e a sociedade, onera o sistema de saúde afetando mais de 20% da população mundial, aliada à incapacidade, afastamentos do trabalho e aposentadoria precoce (Saastamoinen et al., 2012; Hecke, Torrance e Smith, 2013). Embora sejam conhecidos os mecanismos fisiopatológicos múltiplos que desencadeiam e sustentam este processo, ainda não está claro o real impacto das estratégias terapêuticas nos mecanismos de neuroplasticidade na neuromatrix da dorpt_BR
dc.contributor.advisorcoMedeiros, Liciane Fernandespt_BR
Appears in Collections:Dissertação (PPGSDH)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tmhpaula.pdfOpen Access2,04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.