Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11690/1144
Authors: Souza, Mônica Coutinho de
Title: Crianças com dificuldade de aprendizagem da leitura e escrita escolar: experiencias e emoções
Keywords: Regulação emocional;Déficit intelectual;Criança;Escola
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade La Salle
Abstract: Esse estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade La Salle sob o parecer no: CAEE 79997117.0.0000.5307 e seguiu todas as recomendações éticas previstas na resolução no 466/2012. Teve caráter qualitativo e exploratório, do qual participaram 05 crianças, entre 06 e 11 anos e os respectivos responsáveis, que receberam identidades fictícias. Eles participaram de 12 encontros, uma vez por semana cada, entre abril e julho de 2018. Utilizou-se os seguintes instrumentos: Baralho das Emoções e dos Pensamentos e histórias terapêuticas. A técnica utilizada foi observação-participante e um questionário estruturado em forma de anamnese. Essa pesquisa justificou-se pela necessidade de desmistificar pensamentos e práticas profissionais que tendem a estigmatizar e patologizar a criança com dificuldade de aprendizagem que, muitas vezes, é vista como portadora de déficit ou transtorno mental. A análise se deu a partir de dois objetivos que deram origem a dois artigos, um intitulado "Análises das emoções a partir psicoeducação de crianças com dificuldade de aprendizagem na leitura e escrita", teve por objetivo compreender quais as emoções prevalentes em crianças com dificuldade de aprendizagem de leitura e escrita, permitiu definir cinco categorias: Ansiedade vai, esperança vem; Esperança traduzindo alegria; Esperança, alegria e ansiedade eu senti; Esperança em oposição à confusão e; Entre o nojo e a desconfiança, existe esperança. Identificaram-se Encontros, tomados como concepções convergentes entre criança e responsável e; (des) Encontros – entendidos como oposições entre os relatos da dupla. A esperança caracterizou os Encontros; os (des) Encontros, de acordo com a história de vida de cada criança, oscilaram entre ansiedade, alegria, confusão, nojo e desconfiança. O segundo objetivo deu origem ao artigo intitulado "Experiências emocionais vividas por crianças com dificuldade da leitura e escrita" e objetivou compreender as experiências emocionais vividas por crianças na dificuldade de aprendizagem, dando origem ao tema Atravessamento emocional a partir das experiências vividas e a categoria O impacto das experiências na (des) regulação emocional infantil. Os resultados indicaram que as experiências vidas com as figuras de referência, especialmente no contexto familiar, geram experiências emocionais que podem afetar o desempenho escolar das crianças.
metadata.dc.contributor.advisor: Saldanha, Ricardo Pedrozo
Appears in Collections:Dissertação (Saúde e Desenvolvimento Humano)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
mcdesouza.pdf4,95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.